Press "Enter" to skip to content
O programa piloto é organizado pela 4 Day Week Global em parceria com a 4 Day Week UK Campaign, Autonomy e pesquisadores de Cambridge, Oxford e Boston College. (Roy James Shakespeare / Getty Images)

Por um final de semana de 3 dias

Tradução
Cauê Seignemartin Ameni

O lançamento de um programa piloto de 4 dias de trabalho por semana no Reino Unido fez com que centenas de organizações e empresas manifestassem interesse em participar – é apenas o sinal mais recente de que uma semana de trabalho mais curta pode ser a melhor maneira de consertar nossa claudicante economia.

O lançamento na semana passada de um programa piloto de quatro dias de trabalho no Reino Unido continua o impulso que vem crescendo globalmente nos últimos anos para uma semana de trabalho seja mais curta sem perda de renda aos trabalhadores.

Esse programa piloto do Reino Unido acontecerá ao longo de seis meses, a partir de junho deste ano, juntamente com outros programas piloto coordenados na Irlanda e nos Estados Unidos. Esses testes serão baseados no princípio do modelo 100:80:100 — 100% do pagamento por 80% do tempo, em troca de um compromisso de manter pelo menos 100% de produtividade.

Como os muitos empregadores de quatro dias semanais já existentes, espera-se que as empresas e organizações participantes vejam os benefícios de um melhor equilíbrio entre vida profissional e pessoal para os trabalhadores e reconheçam os ganhos de produtividade oferecidos. Eles também serão recompensados por serem pioneiros neste movimento: depois que o Atom Bank se tornou o maior empregador do Reino Unido a implementar uma semana de quatro dias em novembro do ano passado, o banco registrou um aumento de 500% nos pedidos de emprego.

Os programas piloto estão sendo organizados pela 4 Day Week Global, em parceria com a 4 Day Week UK Campaign, líder do think tank Autonomy, e pesquisadores da Cambridge University, Oxford University e Boston College. A avaliação dos ensaios será vital para a construção de evidências que possam informar as futuras políticas governamentais em uma semana de trabalho mais curta para toda a sociedade. Afinal, o objetivo é que todos os trabalhadores se beneficiem de uma semana de trabalho reduzida, e não apenas aqueles afortunados o suficiente para trabalhar em um setor adequado para um empregador com visão de futuro.

Nenhum país ainda tem que uma legislação para uma semana de quatro dias de trabalho, então claramente esses programas pilotos são necessários. O Reino Unido quase liderou essa caminhada. A promessa trabalhista nas eleições de 2019 de reduzir a semana de trabalho para 32 horas em dez anos foi um marco significativo – o primeiro grande partido político de uma nação do G7 a se comprometer com uma grande redução nas horas de trabalho formal em cem anos.

Outros países estão se aproximando dessa ideia. Em 2021, a Islândia relatou um teste bem-sucedido de uma semana de trabalho mais curta em seu setor público entre 2015 e 2019, que resultou em um aumento na produtividade e no bem-estar dos trabalhadores. A Escócia está investindo 10 milhões de libras em um processo nos próximos meses como parte de sua promessa de buscar uma economia de bem-estar. A Espanha também está projetando um projeto piloto plurianual para empresas interessadas. No Japão, o governo recomendou em 2021 que as empresas permitissem que seus trabalhadores optassem por uma semana de quatro dias, com a gigante da eletrônica Panasonic se tornando recentemente uma das maiores empresas a fazer exatamente isso.

Os beneficios imediatos

Todo esse progresso está acontecendo porque essas empresas, organizações e governos reconhecem que há vários benefícios na redução da jornada de trabalho, principalmente em relação a cinco áreas principais.

Em primeiro lugar, uma semana de trabalho reduzida proporciona aos trabalhadores mais tempo para aquelas partes da vida que não são relacionadas ao trabalho e que são frequentemente negligenciadas: descanso (tanto o sono quanto as várias formas de descanso de que precisamos enquanto estamos acordados), lazer (que pode variar de passar tempo com amigos e familiares a seguir hobbies e projetos próprios) e “administrador da vida” (tarefas como fazer compras, limpar, gerenciar finanças e muitas obrigações dos pais). Atualmente, muitos de nós estamos gastando excessivas horas no trabalho a cada semana e, em seguida, acumulando nossas atividades de descanso, lazer e administração da vida nas poucas horas restantes, quando não estamos cansados demais para fazê-las.

O segundo benefício chave é para os empregadores. Simplificando, um trabalhador descansado é um trabalhador melhor. Em 2019, o Health and Safety Executive descobriu que a maior causa de faltas por doença no trabalho era o estresse relacionado ao próprio trabalho (54%). A partir desse cenário, um estudo da Henley Business School em 2019 descobriu que uma semana de quatro dias poderia economizar cerca de 104 bilhões de libras por ano para as empresas do Reino Unido, porque os trabalhadores seriam mais felizes, menos estressados, tirariam menos dias de folga e seriam mais produtivos no resultado final.

Terceiro, estudos mostram que a redução da semana de trabalho aumentaria a produtividade nacional, assim como faria para empresas e organizações individuais. Também oferece uma oportunidade de reequilibrar o emprego para diminuir tanto o número de pessoas que estão sobrecarregadas quanto aquelas que estão desempregadas e subempregadas. Em indústrias que operam mais de 9 a 5 horas, novos empregos precisariam ser criados para compensar as horas reduzidas dos trabalhadores existentes. A assistência financeira do governo provavelmente seria necessária para permitir esse reequilíbrio, mas os benefícios na redução do desemprego e do subemprego seriam um excelente retorno sobre este investimento.

Quarto, uma semana de trabalho reduzida traz benefícios incalculáveis para a sociedade. Os cuidados de saúde preventivos seriam reforçados, pois os indivíduos estariam mais descansados e mais felizes com o equilíbrio entre vida profissional e pessoal. Eles podem passar mais tempo com familiares e amigos. Uma semana de quatro dias também oferece uma oportunidade para melhorar a igualdade de gênero, pois os homens (62% dos trabalhadores em tempo integral do Reino Unido) poderiam passar mais tempo em casa para ajudar nos vários tipos de trabalho não remunerado que recaíram desproporcionalmente sobre as mulheres, como tarefas domésticas e paternidade.

Finalmente, uma semana de trabalho mais curta beneficia o meio ambiente, reduzindo o deslocamento diário e suas emissões de carbono associadas. O carro continua sendo o meio de transporte mais comum no Reino Unido, com cerca de 58% dos trabalhadores dirigindo para o trabalho todos os dias antes da pandemia da COVID-19. As longas jornadas de trabalho também estão associadas a padrões de consumo de alto carbono, pois a falta de tempo leva à compra de produtos enlatados, como refeições embaladas e processadas.

A semana de cinco dias substituiu a semana de seis dias há cerca de um século, com o fabricante de automóveis norte-americano Henry Ford liderando o caminho em suas fábricas em 1926. Trinta anos depois, o então vice-presidente dos EUA, Richard Nixon, prometeu aos norte-americanos que eles só teriam que trabalhar quatro dias “num futuro não muito distante”. No entanto, geração após geração, houve pouca ou nenhuma diminuição nas horas de trabalho, apesar dos ganhos substanciais de produtividade principalmente devido ao progresso tecnológico.

Poucos dias após o lançamento do programa piloto no Reino Unido, centenas de empresas e organizações manifestaram interesse em participar. Este piloto está prestes a desempenhar um papel importante na mudança do Reino Unido na direção de uma semana de trabalho de quatro dias. Finalmente parece que a mudança está chegando.

Sobre os autores

é um colaborador da campanha 4 Day Week UK.

Cierre

Arquivado como

Published in América do Norte, Análise, Economia, Europa, Política and Trabalho

DIGITE SEU E-MAIL PARA RECEBER NOSSA NEWSLETTER

2019 © - JacobinBrasil. Desenvolvido por Estudio Dos Ríos & Dobke | Mantido por PopSolutions.Co
WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux