Evo Morales Ayma

foi presidente do Estado Plurinacional da Bolívia de 2006 até o golpe de 10 de novembro de 2019. Atualmente está no exílio.

“Nossos movimentos sociais vão conquistar de volta a democracia”

Exilado na Argentina, ex-presidente golpeado Evo Morales contou à Jacobin sobre a sua história na luta anti-imperialista, os meandros que motivaram o golpe militar ano passado em conluio com os EUA e por que o partido MAS está preparado para vencer as eleições presidenciais deste mês.

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux