Max Balhorn

é estudante de doutorado na Universidade Chung-Ang, em Seul, onde está pesquisando a história ambiental da Coréia do Sul no pós-guerra.

Parasita, um retrato do neoliberalismo sul-coreano

O filme Parasita, de Bong Joon Ho, destaca a brutal divisão de classe de um dos países mais ricos da Ásia. O filme também demonstra uma realidade mundial da classe trabalhadora jovem no capitalismo — a constante busca por um emprego digno é minada pela disparidade de oportunidades entre ricos e pobres.