Oliver Vargas

é colaborador na Rádio Kawsachun, da Bolívia, e jornalista.

O ciclo golpista da direita boliviana

Na Bolívia, o governo “interino” que se formou após o golpe suspendeu as eleições pela terceira vez. É mais um lembrete de que liberais e conservadores não se importam com a democracia – eles querem apenas instituir políticas neoliberais e reprimir o partido de esquerda de Evo Morales, que eles sabem que ganhariam uma eleição livre e justa.

“O regime golpista não fez nada para deter o vírus na Bolívia”

Seis meses após o golpe na Bolívia, Luis Arce é candidato à presidência pelo MAS de Evo Morales. Jacobin o entrevistou para entender como está o regime pós-golpe, as medidas tomadas diante do coronavírus e como a direita tenta sabotar as eleições para diminuir as chances da esquerda retornar ao poder.