Verónika Mendoza

é uma política peruana, ambientalista e feminista. Foi membro do Congresso representando a região de Cusco de 2011 a 2016, e candidata à presidência em 2016.

“Este impeachment foi basicamente um golpe”

No mês passado, os peruanos foram às ruas para protestar contra a tomada da presidência pela extrema direita após um impeachment questionável, visando manter-se no poder após as eleições ano que vem. Conversamos com Verónika Mendoza, candidata à presidência de esquerda pelo Juntos por el Perú, sobre os protestos em massa e a possibilidade de revogar a constituição herdada do período ditatorial que perdura até hoje.

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux