Adeus, Otelo

27 / julho

Valerio Arcary

Otelo Saraiva de Carvalho, um dos principais estrategistas da Revolução dos Cravos, morreu essa semana. Com uma personalidade carismática que transbordava paixão e sinceridade, parecido Chávez e Lamarca, ele e seus camaradas colocaram fim nos 48 anos de ditadura salazarista em Portugal.

A cartilha de Washington para a mudança de regime em Cuba

Os cubanos enfrentam uma série de problemas em meio a uma pandemia após o governo Trump retomar as políticas da Guerra Fria - e Biden está aumentando as sanções com a intenção de piorar tudo.

Summer of Soul é um retrato emocionante que chega com 50 anos de atraso

26 / julho

Eileen Jones

Com a segurança feita pelos Panteras Negras das apresentações históricas de Stevie Wonder e Gladys Knight a Nina Simone e Sly and the Family Stone, o novo documentário de Questlove sobre o Harlem Cultural Festival de 1969 é um retrato comovente da cultura política radical da música negra estadunidense.

Derrubar estátuas não apaga a história, faz com que a vejamos com mais clareza

25 / julho

Enzo Traverso

Os manifestantes que derrubam monumentos de escravocratas e genocidas costumam ser acusados de "apagar o passado". Mas suas ações estão provocando uma análise mais minucioso sobre as figuras que esses monumentos celebram - permitindo que a história seja recontada do ponto de vista de suas vítimas.


"O surgimento da revista Jacobin tem sido uma luz em tempos obscuros. Uma contribuição
realmente impressionante à sanidade -- e à esperança."
NOAM CHOMSKY, UM CARA MUITO INTELIGENTE.
APOIE-NOS TAMBÉM


  • edição especial
  • verão de 2020

Derrubem este muro!

NESSA EDIÇÃO

Todo Poderoso (demais)

Silas Malafaia, pioneiro no televangelismo e um dos pastores mais rico do Brasil, encontrou no casamento entre moralismo religioso, autoritarismo e liberalismo econômico a agenda política ideal para o neopentecostalismo de sua igreja.

Uma estratégia vitoriosa para a nova esquerda

12 / julho

Claudia Horn

Em Belém, a esquerda se uniu para derrotar o bolsonarismo. Agora, com uma coalização entre PSOL e PT, prova que é possível reverter a agenda destrutiva da extrema direita, implementando renda básica e um ambicioso programa de reflorestamento e regularização fundiária - que beneficia trabalhadores, comunidades tradicionais e o meio ambiente.

Estariam os capitalistas do Haiti por trás do assassinato do presidente Moïse?

10 / julho

Kim Ives

O presidente haitiano Jovenel Moïse foi assassinado esta semana por supostos mercenários. Em uma entrevista à Jacobin, o editor do Haiti Liberté diz que suspeita que algumas das famílias mais ricas do Haiti contrataram os assassinos para prevenir uma potencial revolução - e possivelmente até desencadear uma intervenção militar dos EUA.

As atrocidades da burguesia

10 / julho

Clóvis Moura

O sociólogo, jornalista e historiador Clóvis Moura nasceu neste dia em 1925. Resgatamos seu artigo em que detalha por que a Comuna de Paris, apesar da derrota, marcou uma virada qualitativa nas lutas sociais no mundo moderno - onde, pela primeira vez, o proletariado toma o poder e dirige a sociedade, demonstrando a possibilidade concreta da existência de uma sociedade sem exploradores e explorados.

Donald Rumsfeld foi um feroz guerreiro do “livre mercado”

08 / julho

Jonah Walters

O alto escalão de guerra norte-americano é repleto de megalomaníacos sanguinários. Mas poucos eram tão desequilibrados quanto Donald Rumsfeld, cujo apetite pela violência imperialista combinada com seu fanatismo pelo livre mercado, junto com Milton Friedman, produziu um dos mais espetaculares fracassos em toda história militar dos EUA.

ASSINATURAS ANUAIS

Plano
Internacionalista

R$ 25,00

Assinar

Plano
Jacobino

R$ 70,00

Assinar

Plano
Bolchevique

R$ 130,00

Assinar

Plano
Institucional

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux