Luke Savage

é colunista da Jacobin.

As consequências do militarismo imperialista 20 anos depois do 11 de setembro

O custo da “guerra ao terror” é impressionantemente catastrófico: 21 trilhões de dólares gasto para produzir 1 milhão de mortes e 37 milhões de pessoas deslocadas ao redor do globo, de acordo com os últimos relatórios. Imagine o que poderíamos fazer com esse dinheiro se o usássemos para necessidades humanas em vez de assassinar pessoas mundo afora.

A pandemia continuará até quebrarmos o monopólio da indústria farmacêutica

Graças ao nacionalismo míope e ao poder corporativo, estima-se que vamos levar até 2078 para que toda a população mundial esteja vacinada. A lição é clara: a COVID não será superada até que priorizemos as necessidades humanas frente ao lucro privado.

A corrida espacial dos bilionários é o símbolo máximo da decadência capitalista

Bilionários como Richard Branson, Jeff Bezos e Elon Musk são parasitas e socialmente inúteis. Mas eles precisam justificar os lucrativos contratos governamentais – uma das grandes ironias da indústria espacial privada é que ela depende de muito dinheiro público – e por isso estão fingindo ser astronautas.

Cory Doctorow fala sobre o problema da propriedade intelectual

As patentes já foram vistas como uma recompensa financeira temporária para os inventores. Hoje em dia, porém, elas se tornaram uma barreira para o desenvolvimento humano com a “propriedade intelectual” supostamente inviolável ​​que enriquecem bilionários como Bill Gates.

Arte para os 99%

Crianças ricas têm muito mais probabilidade de se tornarem artistas quando crescer – e isso porque o capitalismo não oferece a todos a liberdade para desenvolver seus potenciais criativos.

Elon Musk quer impor o feudalismo em Marte

Estima-se que Elon Musk seja proprietário de mais de um quarto dos satélites que orbitam a terra atualmente. Embora sua fantasia de tornar-se o imperador de Marte provavelmente não se concretize, devemos reduzir o poder desenfreado de bilionários como ele, que parecem vilões de filmes do James Bond, antes que ele se espalhe da terra para os céus.

Depois da pandemia, o capitalismo de desastre reinará – mas podemos impedir se contra-atacarmos

Após a crise de 2008, um sentimento fugaz de possibilidade radical deu lugar a uma onda conservadora de cortes e privatizações. Depois da pandemia, um levante radical para superar as deficiências do neoliberalismo pode voltar às ruas, enquanto a elite prepara políticas de austeridade novamente – fazendo com que o povo pague a conta e os ricos fiquem mais ricos.

O capitalismo progressista não é seu amigo

Marcas como Pepsi, Nike e Amazon estão abraçando o movimento Black Lives Matter nas redes sociais. Não se deixe enganar: o anti-racismo corporativo não é uma questão de solidariedade – é apenas uma campanha de marketing.

O liberalismo na teoria e na prática

Os liberais contemporâneos são reféns do conservadorismo – e o que eles querem conservar é uma ordem política moralmente falida.

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux