Mark Fisher

escrevia o blog k-punk e escreveu Realismo Capitalista (Autonomia Literária 2020), Ghosts of My Life (Zero, 2014) e The Weird and the Eerie (Repeater, 2017).

Como matar um zumbi: elaborando estratégias para o fim do neoliberalismo

As crises da última década feriram de morte a legitimidade do neoliberalismo – mas, como um zumbi, ele continua em pé mesmo sem vida. O realismo capitalista não vai colapsar por si só: sua superação exige de nós ação coletiva estratégica.

Não há honra no fracasso

Falecido há 3 anos, o escritor socialista Mark Fisher foi quem melhor descreveu sobre as maneiras pelas quais o neoliberalismo desapoderou os trabalhadores e como a falta de reação da esquerda acabou sendo o maior desafio para reconstruir a política de classe no século XXI.

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux