Nathália Urban

é uma jornalista independente e comentarista política, anti-imperialista. Nascida no Brasil mas radicada na Escócia.

O Brasil será a Stalingrado do século XXI?

Desde os “meninos de Steve Bannon” até os neofranquistas na Espanha: quem são as figuras da extrema direita mundial que estão ao lado de Bolsonaro para enfrentar “o esquerdista mais perigoso do mundo” num confronto que definirá os rumos da política global pela próxima década.

A Internacional Progressista chega ao Brasil para denunciar os crimes de Bolsonaro

Em meio a ataques golpistas de Jair Bolsonaro, delegação internacional formada por sindicalistas, ambientalistas e políticos vem ao país atendendo pedido da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) para apoiar a resistência dos povos tradicionais e camponeses, além de colher mais dados para denunciar a devastação ambiental patrocinada pelo governo.

Os bastidores por trás do golpe na Bolívia

Após restabelecer a democracia, o governo boliviano obteve documentos inéditos nas embaixadas que revelam como o ex-presidente argentino Mauricio Macri apoiou o golpe que solapou a democracia do país em 2019. Agora, os governos do Brasil e Chile entraram na mira das investigações que prometem desnudar como a nova Operação Condor fracassou na América Latina.

Na Colômbia, movimento desencadeado pela greve geral está colocando a classe dominante de joelho

Apesar da brutal repressão policial, e da pandemia, feministas, sindicalistas, indígenas, estudantes e outros movimentos sociais tomaram as ruas das principais cidades do país. A mobilização, que já dura 2 meses, está derrubando a agenda neoliberal do governo. Os bairros mudaram sua dinâmica para dar suporte ao movimento, oferecendo brigadas médicas, refeitórios comunitários e muitas intervenções culturais.

“Só falta eles soltarem um grito de Viva a Morte!”

Com um olho na bola e o outro na política, o lendário jornalista esportivo Juca Kfouri mostra que a luta de classes também está nas arquibancadas e conta como a tentativa de Bolsonaro de usar o futebol para acobertar seus crimes pode fracassar – como aconteceu na ditadura.

Irlanda e América Latina: irmãs em armas contra o imperialismo

Com um histórico comum na luta anti-imperialista, Irlanda e América Latina nutrem uma ligação mais antiga e profunda do que se pensa na resistência, com uma firme solidariedade internacional entre suas personalidades e organizações revolucionárias.

A guerra dos Conservadores Britânicos contra uma América Latina progressista

Em busca das riquezas oriundas do petróleo e da mineração, o Partido Conservador Britânico montou uma agenda há dez anos para defender o “livre comércio”. Hoje, está provado que ela serviu para intervir no Brasil, Venezuela, Bolívia, Honduras e Colômbia. As próximas eleições, com Jeremy Corbyn, abrem uma brecha para reverter esse cenário.

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux